Flip The Frog

Flip The Frog

Flip the Frog (O sapo Flip) é um protagonista de desenho animado produzido pelo desenhista Ub Iwerks. Flip foi criada por Ub Iwerks, ex-animador dos Estúdios Disney e comparsa pessoal de Walt Disney no ano de 1930, na sua produtora Iwerks Studios. Trezentos por semana, oferta que a Disney não podia exceder desse jeito. Iwerks produziria desenhos ante os auspícios de Powers, que conseguiu um acordo de distribuição com a Metro-Goldwyn-Mayer. A primeira série que iria fornecer ia exibir um personagem chamado “Sapo Tony”, contudo a Iwerks não gostou do nome, então, decidiu nomeá-lo Flip.

Ub Iwerks inventou lançar a série simultaneamente em cores e em preto e branco por intermédio da Celebrity Productions, Inc. A série atraiu atenção do público pela Inglaterra por ser a primeira série de desenho animado a ser filmado em um sistema conhecido como Multi-cor. Estas curtas foram exibidos a cor pela Inglaterra, mas não nos EUA, onde foram feitas. Após ter sido concluída a criação de 4 curtas (Fiddlesticks, Flying Fists, Puddle Pranks e Little Orphan Willie), a MGM começou a repartir a série com a exposição de Fiddlesticks e Flyin’ Fists. Little Orphan Willie e Puddle Pranks nunca foram inscritos por direitos de autor e ficaram em domínio público.

a MGM decidiu gerar a série totalmente em branco e preto, reluzente os curtas-metragens a cor só em cópias monocromáticas. O estudo de Iwerks começou mais rápido a acumular novos talentos, por exemplo os animadores Fred Kopietz, Irv Spence, Grim Natwick, e Chuck Jones (que começou limpando micas de celulóide antes de partir pro estudo de Leon Schlesinger).

Após as duas primeiras entregas, a aparência de Flip, insuficiente a insuficiente, ficou menos igual a de um sapo. Isto foi feito sob o desafio da MGM, que acreditavam que a série ia ser melhor recebida se o personagem era mais humanizado.

Este considerável redesenho é atribuída a Grim Natwick, que tornou-se um nome em Fleischer Studios com a constituição da Betty Boop. Natwick assim como teve uma mão em transformar a namorada de Flip, que inicialmente era um sapo ou uma gata, contudo que acabou se ocasionando Fifi, uma jovem mulher visualmente parelho ao Betty, mesmo nos cachos. A personalidade do sapo bem como começou a montar-se.

  • 3 Alterações legais
  • O que eu quero dentro
  • Silvia assiste a igreja, pra conquistar um fedelho, no entanto ele estuda sacerdote
  • três Quanto grita minha mãe
  • 169 JOÃO ELERA DE PERU PARABENIZA A TODOS
  • Warrack, John: Tchaikovsky. Charles Scribner’s Sons, 1973
  • um Concepções de política 1.Um Conceito extenso de política
  • 2 Condecorações e distinções

A capacidade que a série avançava, Flip passou a ser mais um protagonista chaplinesco que vivia conflitos cotidianos pela atmosfera da Grande Depressão. Devido à afluência de pessoas provenientes de Nova York, por exemplo Natwick, os shorts eram cada vez mais picante.

Na Room Runners (1932), Flip, como sempre, sem dinheiro ou sorte, tenta ocultar-se de seu hotel, com o final de impossibilitar o pagamento de aluguel em atraso. No vídeo, Flip observa uma garota duchándose pelo buraco da fechadura. Em The Office Boy, do mesmo ano, Flip tenta atingir um emprego de junior de escritório e encontra-se com uma secretária sexy.