Meu Marido É Gay… E Muita Honra

Meu Marido É Gay… E Muita Honra

Saudável casou-se há dezessete anos. Foi um casamento arranjado. Faruk não era o homem de sua existência, entretanto, como tantas algumas mulheres índias, esperava que o afeto chegasse, depois do casamento. Esse sentimento não apareceu por causa de ele adora homens, uma questão que ela demorou a encontrar cinco anos.

39 anos, que mora em Vadodara, no estado indiano de Gujarat. Saudável reconhece que o passou muito mal primeiramente e que pensou em deixá-lo. Mas não foi por causa de seus filhos, um rapaz e uma guria, que não queria soltar-se.

Com o atravessar dos anos, conta, acabou aceitando a circunstância. A alegria que custa visualizar em suas palavras, confirma-se pela transformação de seus atos. Saudável apoia o marido na sua disputa pelos direitos da comunidade LGBT. Consulte as manifestações lideradas pela organização em que trabalha Faruk e é a primeira a suspender a voz a favor de uma minoria discriminada no gigante asiático. Ambos são ativistas e estão orgulhosos de estar juntos.

  • 8 Chuck Chambers
  • eu Sou um mar de engraçado
  • você Me desilusionada (1973)
  • um Primeiros anos
  • Tessa Ferrer como Dra Leah Murphy. (16 episódios)
  • 1977: Ali Shariati, sociólogo iraniano (n. 1933)
  • 1949, e de BENITO PÉREZ GALDÓS. Glória, tomo II, Madrid, Da Grinalda, 1886

Ela entende que ele tem outros gostos, todavia não contemplam o divórcio. A mãe de Faruk sabe que seu filho de 40 anos, é homossexual. Sabe, desde a todo o momento. A mãe de Sana, mas, não domina nada a respeito de os gostos sexuais de Faruk . Quando se fala de casamento na Índia nunca precisa perder de vista que não se trata da união de duas pessoas, contudo duas famílias.

Em um povo onde a maioria dos casamentos são arranjados pelos pais, o amor, às vezes, é um regalia. Basta perguntar para as índias por expectativas que depositam em teu futuro marido. As respostas mais comuns costumam ser que não a cole, que não beba demasiado álcool, que traga um salário para residência e que respeite como pai.

Tania, uma jovem artista índia, de vince e seis anos, ao jornal Hindustan Times. Nem todas as mulheres assumem assim. Em outubro, um homem de Bangalore, no sul do povo, foi confinado em razão de a tua mulher o denunciou após achar que mantinha relações sexuais com outros homens.

Instalando câmeras escondidas em sua própria residência. As relações entre pessoas do mesmo sexo são proibidas pela Índia a começar por dezembro de 2013, no momento em que o Supremo Tribunal de justiça restabeleceu tua ilegalidade depois de quatro anos (2009-2013), em que foram consentidas. Manvendra Singh Gohil, fundador da organização LGBT Lakshya Trust, estima que calcula a 75% e 85% dos homossexuais, índios estão casados com pessoas do sexo oposto.

As informações são estimativas complicadas, uma vez que casos como o de Faruk e Saudável, que se atrevem a pronunciar-se abertamente de tua situação, não são os mais comuns. O medo da rejeição social, a ser marcados por seu recinto mais próximo, leva a muitos e diversos ao silêncio.